O Risco dos Alimentos Industrializados

Diversas complicações são causadas por componentes químicos dos produtos não naturais. Veja abaixo!

Oi! Aqui é a Lorena e preparei esse artigo das consequências dos alimentos industrializados e o mal que fazem para nossa saúde!

Óleo, açúcar refinado, sal gorduras corantes, aromatizantes e outras substâncias marcam presença em grande parte dos alimentos industrializados. Eles passam por um processo de refinamento que retira a maior parte dos minerais e dos nutrientes saudáveis do alimento.

Saiba um pouco mais sobre o que esses alimentos podem fazer com a sua saúde!

Refinados e Processados

Além de problemas com colesterol alto, hipertensão e excesso de peso, ainda existem as diferenças entre os tipos de ingredientes, por isso a atenção nesses detalhes é importante. Os alimentos refinados são aqueles que perderam muitas fibras, vitaminas e minerais durante o processo.

Já os processados são os que podem ser obtidos através da natureza, ou seja, são produzidos pelo homem por meio de algum tipo de processamento, como defumação ou pasteurização, para torná-lo mais fresco por mais tempo, evitar sua deterioração durante o transporte, manter o sabor, a cor e a textura características do alimento.

O que podem causar?

O perigo por trás da ingestão desse tipo de produto pode ser a forma como o corpo manifestará o que está entrando no organismo. Estudos enfatizam alguns problemas causados por eles, como reações tóxicas no metabolismo, ocasionando alergias e alterações comportamentais.

Nesse sentido, vale ressaltar que as crianças apresentam maior suscetibilidade às reações adversas provocadas pelos aditivos alimentares. Devem ser considerados também a frequência de consumo e os efeitos nocivos desses aditivos, assim como a quantidade por peso de um indivíduo.

Perigo à vista

As comidas processadas atribuem diversas ameaças à saúde, assim como complicações. Tal fato, também contribui para o aparecimento de doenças crônicas não transmissíveis, responsáveis, principalmente, pelas doenças do aparelho circulatório, diabetes e neoplasias.

A grande quantidade de sódio também pode causar problemas cardíacos, aumentando a pressão sanguínea, e que os corantes, por sua vez, podem irritar a mucosa gástrica. Alimentos com grandes quantidades de gordura trans, aumentam as chances de ocorrer um depósito de gordura nas paredes das artérias.

Se esse trombo se desprende, ele caminha pelo corpo por meio da circulação sanguínea, podendo se fixar em qualquer parte: cérebro, pulmão ou coração, gerando falta de oxigenação para o respectivo órgão.

E os alérgicos?

Os alimentos responsáveis por até 90% das reações alérgicas são proteínas do leite de vaca, ovo, amendoim,trigo, soja, peixe, frutos do mar e nozes. Grande parte dos alimentos industrializados possui alguns destes alimentos industrializados possui alguns destes alimentos em sua composição ou são produzidos no mesmo lugar que alimentos que contenham estes alérgenos, podendo apresentar traços destes alimentos.

Isso favorece o aparecimento de alergias, mesmo em pessoas que não consumam os alérgenos propriamente ditos. Muito cuidado com o corante artificial tartrazina: ele é responsável pelas alergias, podendo ser encontrado em sucos, gelatinas e temperos como caldo de carne e de galinha.

Atenção!

Aqui está a lista de alguns aditivos e o que causam ao corpo:

  • ACIDULANTES: adicionados aos alimentos e bebidas com a capacidade de intensificar o sabor ácido, podem ocasionar cirrose hepática e descalcificação nos dentes e ossos;
  • GORDURA TRANS: utilizada para dar crocância e consistência aos produtos. Pode causar obesidade, câncer de mama e doenças cardiovasculares;
  • ESPESSANTE: sua função é aumentar a viscosidade do produto, podendo provocar irritação da mucosa intestinal e efeito laxante;
  • CORANTE: usado em grânulo ou em pó, pode causar inchaço no rosto, vermelhidão, coceira ou enjoo.

Recomendado Para Você:

O que você achou? Deixe seu comentário aqui!
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.