Mãos Ressecadas por Causa do Álcool em Gel. O que fazer?

Saiba como cuidar das mãos em tempo de álcool em gel

 

Oi, aqui é a Lorena! O álcool em gel age como antisséptico, ou seja, inibe a proliferação de micro-organismos. Seu uso frequente leva ao ressecamento da pele, então é muito importante, em épocas como essa, intensificar a hidratação.

O uso excessivo de álcool em gel, pode causar ressecamento, pois ele que é uma substância hidrofílica que, quando entra em contato com o nosso corpo, puxa a umidade e tende a deixá-la ressecada.

Recomenda-se que as pessoas utilizem o álcool em gel, quantas vezes for necessária. Porém, para evitar a desidratação da pele causada pelo uso contínuo, a melhor opção é usar um hidratante depois de passar o produto, principalmente ao dormir.

Não é só o álcool em gel que deixa as mãos ressecadas: o próprio sabonete, também muito recomendado durante épocas de surto de vírus, quando usado muitas vezes, pode ter esse mesmo efeito.

É possível, porém, manter mãos macias e sedosas e estar segura ao mesmo tempo.

Já que não é possível diminuir o contato com produtos de limpeza pessoal nessa época, pode-se aumentar a proteção da pele dobrando o uso de cremes e protetores.

A aplicação do creme para as mãos deve ser feita após o álcool em gel secar. Primeiro deve ser aplicado o álcool em gel, em seguida, depois que ele secar, aplicar o creme para as mãos.

Existem duas situações que o álcool em gel pode causar alergia na pele:

1 – O produto pode começar a coçar e formar fissuras nas pontas dos dedos;

2 – Que é a mais comum, pode acontecer quando o produto tem corante ou fragrância, que pode ocasionar uma dermatite de contato alérgico a essa substância.

Já sobre o uso de água sanitária para limpeza das mãos e higienização de objetos, relata-se que o produto é muito irritante para pele e que não recomenda que a pessoa entre em contato diretamente com ele.

O ideal é usar o produto com o auxílio de luvas, pois ele pode causar irritação na pele, nas vias áreas, coceira e vermelhidão.

Os cuidados são indicados para cuidar da pele nesse período de pandemia. É importante aplicar o hidratante principalmente nas mãos, evitar entrar em contato com esses produtos de limpeza com a pele desprotegida.

Além disso é importante usar protetor solar mesmo dentro de casa, pois o não uso do produto, pode provocar o envelhecimento e acelerar a formação de mancha na pele.

Mãos ressecadas devido ao álcool em gel e a limpeza constante

O ressecamento das mãos, além de levantar questões estéticas, pode levar à descamação, envelhecimento precoce, irritações e até infecções.

A hidratação, portanto, é uma medida de saúde, não só de beleza. Uma boa rotina de hidratação mantém a integridade da camada de proteção cutânea e evita esses problemas.

O protetor solar, frequentemente lembrado quando se trata de rosto, não é lembrado com frequência quando se fala de proteção das mãos.

Costuma-se recomendar que passem o protetor solar nas mãos com a mesma frequência que o utilizam em outras áreas do corpo.

É uma região muito exposta. Esquecer de usá-lo nessa região pode levar ao afinamento e envelhecimento da pele da mão, surgimento de manchas e até câncer de pele.

Profissionais de saúde, que já sofrem com o ressecamento das mãos devido à limpeza constante, tendem a trabalhar mais em épocas de crises de saúde, ficando mais ainda suscetíveis aos problemas que uma camada de pele enfraquecida podem trazer.

Nesse caso, cremes que contenham em sua fórmula ingredientes como glicerina, ácido hialurônico, extrato de aveia, óleo de uva, entre outros ingredientes muito indicados para manter a hidratação, são recomendados.

Vale lembrar que o álcool em gel, para ser efetivo perante o vírus, precisa ter concentração de 70% de álcool. Produtos com maior concentração não matam o vírus, além de causar um ressecamento ainda maior da pele.

Em épocas de pandemia, limpeza e higiene devem vir em primeiro lugar, porém o cuidado com a saúde e o corpo devem continuar, prevenindo assim problemas futuros.

Dicas para manter as mãos hidratadas e macias

A boa notícia é que você pode e deve, continuar seguindo todos os cuidados de higiene para se proteger da Covid-19 e de tantas outras doenças e, ainda assim, preservar a hidratação, a elasticidade e a maciez cutânea.

1Use luvas sempre que mexer com produtos de limpeza. Dê preferência às vinílicas, que geram menos reação alérgica que as de látex.

2 – Você já sabe que cuidar da higiene pessoal é vital, mas é possível usar produtos que preservam a sua saúde e sua beleza ao mesmo tempo.

Por exemplo: ao escolher o sabonete para lavar as mãos, opte pela versão do sabonete antibacteriano, que não faz mal à saúde e elimina não só as bactérias como os vírus também.

Há no mercado opções com o pH adequado à sua pele, que promovem uma limpeza eficaz sem ressecar ou remover a camada protetora.

3 – O álcool gel pode diminuir a camada lipídica (proteção externa) da pele, deixando-a ressecada. A dica para preservar a hidratação é checar as informações do rótulo do produto e escolher o que leva glicerina na composição.

4Hidratação é essencial. Invista em um creme hidratante específico para as mãos, bem espesso e emoliente. Além de repor a água perdida e recuperar o toque macio, o produto atua preventivamente ao formar uma película protetora sobre a superfície da pele e evitar a desidratação. Aproveite e aplique também nas unhas, fazendo uma massagem suave.

E lembre-se: assim como o álcool gel, o seu creme para as mãos devem estar sempre por perto, seja na bolsa ou na gaveta do seu escritório, para ser reaplicado diversas vezes ao dia.

5 Faça uma esfoliação nas mãos a cada 15 dias para remover as células mortas da pele, potencializar a absorção dos agentes hidratantes e restaurar o viço natural.

6 Protetor solar deve ser aplicado nas mãos também. Assim como no rosto, o produto é essencial para prevenir as manchas provocadas pelo sol e o aparecimento dos sinais da idade.

Incorpore essas dicas simples ao seu dia a dia e mantenha suas mãos livres de vírus e bactérias e, ainda assim, hidratadas e macias.

Recomendado Para Você:

O que você achou? Deixe seu comentário aqui!
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.