Erros que você NÃO pode cometer se quer emagrecer

Confira alguns erros que podem prejudicar seu êxito em perder peso e ter uma vida saudável!

Oi, aqui é a Lorena! E preparei esse artigo para mostrar que o processo de emagrecimento é duro e requer disciplina, paciência e insistência, ou seja, não é nada fácil!

Porém, por vezes, nós conseguimos dificultar mais ainda esse processo. Corrigir alguns erros que cometemos no dia a dia pode ajudar a emagrecer!

Mais Lidas da Semana:

Na tentativa de emagrecer rápido, é comum as pessoas cometerem erros que não só atrapalham o emagrecimento como também podem prejudicar a saúde.

No entanto, acabam por prejudicar a própria saúde por não tomarem os devidos cuidados com a alimentação.

E como conquistar aquele tão sonhado corpo ainda é o sonho de consumo de muitos que buscam na dieta uma saída para acabarem de uma vez com todas com os quilos indesejados.

Vale a pena redobrar a atenção para evitar complicações futuras com a saúde do seu corpo.

Isso porque, de nada adianta passar por todos processos de emagrecimento, quando o mesmo está sendo realizado de maneira completamente descabida.

Perder o excesso de peso pode parecer uma tarefa bastante complicada. Muitas vezes você poderá se sentir que está fazendo tudo minuciosamente certo, mas quase sempre não percebe os resultados por seguir conselhos desacertados ou que não passam por atualizações por um bom tempo.

Assim, para você que pretende iniciar uma dieta corretamente, atente-se nos principais erros mais comuns de quem tenta emagrecer.

Pular refeições

Pular uma refeição principal, como café da manhã, almoço ou jantar, pensando que assim vai comer menos e emagrecer é um erro muito comum, mas o efeito é exatamente o oposto.

Ficar muitas horas sem comer deixa o corpo com falta de energia e sem nutrientes essenciais para o seu bom funcionamento.

Como consequência, o organismo usa as proteínas dos músculos para obter energia e ao invés de você perder gordura, perde massa muscular.

Além disso, da próxima vez que você comer, o seu corpo vai tentar armazenar o máximo de energia e nutrientes possível, acumulando gordura.

Para não cometer esse erro, faça 6 refeições por dia (café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia) e não fique mais de 3 ou 4 horas sem comer.

Não equilibrar na quantidade

Comer muito também pode ser um erro cometido quase sempre por quem inicia uma dieta. Para perder peso é importante ter um controle na alimentação, principalmente com relação ao déficit de calorias para ajudar na perda de peso.

Além disso, é típico das pessoas acharem que estão ingerindo muitas calorias, quando na verdade estão consumindo valores abaixo do esperado, subestimando aquilo que comem sem nenhum tipo de referência.

Pensar que se alimentar de alimentos saudáveis te dá a liberdade de comê-los quando quiser é um grande engano, pois eles também quando em excesso podem ser convertidos em valores calóricos elevados, que se aproximaram de um alimento gorduroso como uma de uma carne vermelha.

O segredo disso tudo é saber ponderar nos tamanhos das porções, para evitar os excessos e acúmulos indesejáveis de gorduras localizada.

Fazer dietas muito restritivas

Dietas com pouquíssimas calorias ou que retiram algum tipo de alimento importante da alimentação, mais cedo ou mais tarde serão prejudiciais para a saúde e não contribuem para um emagrecimento saudável.

Para funcionar adequadamente e até para emagrecer o corpo precisa de todos os nutrientes.

Por isso, dietas que cortam um alimento por completo ou dietas específicas como a da proteína, sopa, suco, entre tantas outras, devem ser evitadas ou rigorosamente acompanhadas por um profissional da saúde.

Além de privar o corpo de nutrientes essenciais e prejudicar a saúde, esse tipo de regime alimentar é difícil de ser mantido, portanto não funciona a longo prazo.

As dietas para perder peso devem ser balanceadas, completas e ter como objetivo um emagrecimento gradual, através de uma reeducação alimentar para evitar o efeito “sanfona”, de emagrecer e engordar constantemente.

Não ter uma meta bem estipulada

Elaborar metas mirabolantes, ou simplesmente ignorar qualquer tipo de meta é bastante comum de ver por aí espalhadas entre as pessoas que querem emagrecer, pois pouco adianta perder um valor exagerado de peso tomando atitudes radicais e com inúmeras privações para alcançar o objetivo do projeto fitness.

Além de que a perda de peso não deve ser encarado como um processo árduo, mas sim prazeroso.

Cortar hábitos que lhe proporcionam prazer não é sensato para quem gosta de experimentar tudo aquilo que há de bom, mesmo por quem quer emagrecer.

Se sair com amigos no final de semana para comer aquele sanduíche te faz muitíssimo bem, e te causa alegria, saiba que não precisa abrir mão dessas ocasiões.

Basta tentar optar por cardápios com opções mais variadas e saudáveis, além de desfrutar de menores quantidades.

Cortar totalmente os carboidratos

Os carboidratos (pães, massa, arroz, batata, mandioca) devem estar presentes em pelo menos duas das três principais refeições do dia, são eles que fornecem a única fonte de energia usada pelo cérebro e pelos músculos, que é a glicose (açúcar), por isso são essenciais na alimentação.

É verdade que o seu consumo em excesso engorda, mas nem por isso ele deixa de ser essencial para o funcionamento do corpo quando consumido em quantidade adequadas.

Por isso, o segredo está em comer menos carboidratos, diminuindo as doses em cada refeição.

Perder a motivação no meio da dieta

Se desmotivar é o primeiro passo para o fracasso de um amadurecimento. Bons resultados surgem com bastante persistência e determinação por um estilo de vida mais saudável.

Muitos que pretendem começar uma dieta se cansam antes mesmo de iniciar uma reeducação alimentar e uma prática de exercício, por ser uma longa jornada.

Ficam ansiosos pelos resultados e acabam esquecendo de focar no principal, que é emagrecer com saúde.

Largar tudo pro alto e correr para o restaurante mais próximo pode parecer tentador, mas as primeiras semanas são fundamentais para essas mudanças de hábitos alimentar.

Dormir com fome

Mesmo que você já tenha jantado, faça uma ceia leve antes de dormir. Dormir com fome pode prejudicar o seu sono e fazer você acordar com muita fome, o que aumenta as chances de exagerar no café da manhã ou outras refeições.

Além disso, não se esqueça que você irá ficar cerca de 6 a 8 horas em jejum enquanto dorme e, mesmo dormindo, o seu corpo ainda necessita de energia para funcionar adequadamente.

Se comparar com resultados de outras pessoas

Criar comparações com outras pessoas na mesma situação é o velho ditado de achar a grama do vizinho mais verde.

No entanto, por trás disso tudo existem diversos fatores que te fazem único, pois cada organismo tem uma resposta diferente para o mesmo estímulo.

Logo, concentre seus pensamentos em seus próprios objetivos, e desligue-se dos resultados alheios.

Exagerar nos fins-de-semana

Se você quer mesmo emagrecer, é importante cuidar da alimentação até mesmo nos fins de semana.

Deixe para comer doces e comidas mais calóricas em dias específicos em que tenha uma festa ou um jantar com amigos, por exemplo.

Caso você tenha cometido algum excesso, compense no dia seguinte com uma alimentação balanceada e mais leve, mas não faça disso uma rotina.

Não se comprometer com o objetivo

Não se empenhar é o erro mais frustrante, pois toda meta deve vir acompanhada de uma ação. Criar situações ou desculpas por aquilo que você poderia ter feito no seu processo de emagrecimento não irá queimar calorias.

Por isso, alcançar o sucesso depende de muita garra e força de vontade em querer emagrecer.

E deixar para amanhã pode atrasar seus planos de uma vida mais saudável, pois no final de um expediente sempre rola aquele convite para uma pizza, e seu projeto de vida acaba sempre sendo adiado por mais um dia.

Portanto, o emagrecimento vai além do que apenas exercícios para o corpo e uma alimentação balanceada, mas sim um resultado de um conjunto de ações em benefício próprio.

E ter um conhecimento dos principais erros mais comuns de quem tenta emagrecer, é poder assegurar de uma prática segura de uma vida mais saudável e prazerosa.

Não fazer exercícios físicos

A atividade física é muito importante para quem quer emagrecer, pois a combinação entre dieta e atividade física são fundamentais para um bom resultado.

Além de auxiliar na perda de peso, a atividade física é uma fonte de motivação e autoestima para dar continuidade à reeducação alimentar iniciada.

Além das calorias gastas durante o exercício, dependendo do tipo de treino, o metabolismo continua acelerado mesmo depois da atividade, aumentando o gasto energético do corpo.

Fazer exercidos é uma boa saída para colocar seu corpo em atividade, auxiliando também na perda de gordura e ganhos de massa muscular.

Quando isso começar, você irá sentir suas roupas ficando mais largas, principalmente na região da cintura, apesar de um valor estável em escala do seu peso.

Além disso, alterações hormonais podem contribuir na retenção de líquido, principalmente em mulheres, devido ao aumento dos níveis de estrogênio, que acarreta em valores indesejáveis do peso em escala.

Lembre-se: Fazer medição com fita métricas e registros fotográficos de si mesmo, pode revelar toda sua evolução, e confirmar que está realmente perdendo gordura.

CONTINUE LENDO:

  1. Dieta Cetogênica: 7 Receitas Passo a Passo
  2. Dieta Dukan Completa para Você Perder 10kg em 1 mês
  3. Engordar Depois do Casamento é Normal?
  4. Jejum Intermitente: Mitos e verdades para começar este mês
  5. Peixe é Bom Para Emagrecer?
  6. Tipos de Gorduras Para Você Ficar Bem Distante
  7. Como Emagrecer Após a Gravidez
  8. Dietas com Alimentos que dão Energia e Disposição
  9. Dieta para Perder Peso Rapidamente: Perca 6kg em 5 dias
  10. Cardápio: Dieta da Mandioca para Emagrecer! Emagreça 7kg

Recomendado Para Você:

O que você achou? Deixe seu comentário aqui!
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.