Dicas para Cuidar das Sobrancelhas em Casa

Como manter as sobrancelhas impecáveis

Oi, aqui é a Lorena! E preparei esse artigo para que apesar de ser importante cuidar das sobrancelhas, ir sempre ao salão ou designers de sobrancelhas só para retirar o excesso pode ser um gasto desnecessário já que esse trabalho pode ser feito em casa, desde observados os cuidados necessários.

As sobrancelhas são as grandes responsáveis pela moldura do rosto, uma vez que são essenciais para determinar as marcas e expressões faciais, pelo que o cuidado com suas aparências é de fato essencial.

A tendência atual em sobrancelhas é deixá-las as mais naturais possível: nada de afiná-las com a pinça, pois deixa uma aparência artificial.

As sobrancelhas estão mais em alta do que nunca e ganham atenção redobrada no make… Mas, pra que emoldurem perfeitamente o rosto, elas precisam estar em dia, certo?

Se você não tiver um desenho desafiador e for pelo menos nota 7 no quesito coordenação motora, pode fazer a manutenção em casa.

Tipos de design de sobrancelha

Antes de tirar os excessos, é preciso encontrar, na sobrancelha para cada tipo de rosto particular, o equilíbrio entre a aparência que ela imprime e a que você gostaria de ter.

O formato da face dá sinais de como a sobrancelha pode ser e serve como guia para escolher o que destacar. Traços, tamanho do nariz e da boca devem ser analisados antes de definir o tipo de sobrancelha mais adequado.

Formatos de rosto X Formatos de sobrancelhas

Rosto oval: Para quem tem a testa mais larga e as maçãs do rosto mais finas, as sobrancelhas arqueadas com um traçado leve costumam ser uma boa opção.

Rosto quadrado: Quando as maçãs do rosto são mais acentuadas e o queixo é angular, formatos mais definidos, levemente arqueados, caem melhor.

Rosto redondo: Quem tem testa estreita, queixo fino e maçãs do rosto mais largas tendem a ficar bem com sobrancelhas mais retas e levemente arqueadas. Lembre-se também de manter a espessura mais grossa.

Rosto retangular: Se a testa for mais saliente do que o queixo, que sobrancelhas alongadas e mais retas podem funcionar melhor.

Rosto triangular: Caso a testa seja pequena, as maçãs do rosto salientes e o queixo fino, sobrancelhas arredondadas ou arqueadas podem ser a escolha ideal.
Sobrancelhas perfeitas!

Dica: se tem algum trauma como sobrancelhas finas demais, por exemplo, quem nunca fez isso antes, retire a menor quantidade possível de pelinhos, ok? E, continue treinando, porque você vai aprender e ganhar confiança, principalmente, depois dessas dicas:

1. Não franza a testa: Pode reparar, geralmente a gente aperta a testa para esticar a pálpebra superior e ver melhor os fios. O problema é que isso muda o formato da sobrancelha. O desenho não vai ficar igual quando você relaxar a expressão.

2. Na dúvida, não arranque: Depois de tirar várias vezes um fio, ele pode crescer mais lentamente ou mesmo deixar de nascer. Até existem medicamentos receitados pelo dermatologista que prometem renovar os pelos das sobrancelhas. Mas o tratamento depende de indicação médica e não tem 100% de eficácia.

3. Conheça seu desenho: Antes de sair arrancando os fios, estude bem no espelho o desenho original das suas sobrancelhas. Não tente ser criativa. É a partir desse desenho que você vai trabalhar e não da foto da famosa. Use um lápis de olho para delimitar o contorno. Dentro dessas linhas, você não vai mexer. Os pelos que estiverem fora do desenho, poderão ser arrancados. Só procure fazer desenhos iguais nos dois olhos.

4. Escolha bem a pinça: O acessório deve ter boa precisão para não quebrar o pelo e deixar falhas.
Existem modelos para pelos finos, para fios grossos e para aqueles que estão nascendo, mas para as iniciantes, aconselha-se usar os de ponta diagonal.
São mais fáceis, porque não quebram o pelo e são eficazes na retirada nos locais mais difíceis.

5. Inclua as sobrancelhas no ritual do make: Para isso, invista em um lápis de olho em um tom próximo da cor dos seus fios para corrigir pequenas falhas e use também sombras específicas para sobrancelhas. Elas acompanham um pincel chanfrado que ajuda a esfumar, preenchendo imperfeições com naturalidade.

6. Saiba quando parar: A gente super apoia o autosserviço, mas é importante saber a hora que não dá mais, que você está fazendo algum estrago. Quando perceber que há falhas ou sua expressão está ficando alterada, procure um profissional.

Passo-a Passo:

1. Passe álcool na pinça e na tesoura que você irá usar e lave o rosto com água e sabão. Deixar a pele limpa ajuda a evitar alergias e irritações na região. Escolha também um lugar com luz adequada e espelho grande, para permitir uma visualização de todo o rosto.

2. O formato do seu rosto é que vai determinar como deve ficar a sua sobrancelha. Use um lápis para medir o ponto inicial (perto do nariz) e o ponto final (a “cauda” da sobrancelha). Posicione o lápis verticalmente, passando pela dobrinha do nariz, para fazer o limite interno da sobrancelha. Depois, coloque o lápis na diagonal, passando da aba do nariz até o canto externo do olho, para marcar o limite externo.

 3. Para deixar os limites da sobrancelha bem demarcados, faça uma risca com o lápis nos pontos que você mediu. Para evitar falhas, você também pode pintar com um lápis branco toda a pele ao redor da sobrancelha: os pelos que ficarem nessa área branca devem ser retirados.

4. Escolha a pinça de inox (mais fácil de ser esterilizada) e com formato sextavado para facilitar a retirada, principalmente, se você ainda não tem muita habilidade. A mão deve estar posicionada como se você estivesse escrevendo. Nessa posição, a pinça fica deitada, dando tanto agilidade e leveza quanto o apoio e a firmeza que são fundamentais para não errar. Também é importante respeitar o formato natural da sua sobrancelha, afiná-la demais ou forçar desenhos diferentes pode não combinar com o seu rosto.

5. Nem sempre é preciso cortar os pêlos. Isso vai depender do formato que a sua sobrancelha tiver naturalmente. Se necessário, apare os pêlos mais longos. Penteie com uma escovinha para conseguir visualizar as regiões com mais concentração de pêlo. Tire com a tesoura apropriada apenas as pontinhas que ficarem fora do desenho e que não estiverem em regiões onde os pêlos são mais ralos. Preserve os pêlos que servem para disfarçar possíveis falhas.

6. Dificilmente uma sobrancelha é igualzinha à outra, porque naturalmente temos os dois lados do rosto diferentes. Usar o lápis de sobrancelha ajuda a melhorar essa diferença e cobrir as falhas. Depois de pintar a região, esfume com o dedo para dar um efeito mais natural

7. Após a retirada dos pêlos, você pode passar um produto que acalme a vermelhidão da pele. Pode ser chá de camomila, óleo de aloe vera, óleo de abacate ou água termal. Evite a exposição ao sol logo após terminar o procedimento e tenha sempre o hábito de passar protetor solar para evitar as manchas na região.

Para manutenção, procure fazer as sobrancelhas a cada 15 dias para retirar os pelinhos que nascem em excesso. Assim, a manutenção será fácil e não precisará ir sempre ao salão para cuidar desses detalhes que você mesma pode fazer em sua casa.

Tem traumas de algum que não fez suas sobrancelhas do jeito que queria? O jeito é ser bastante cuidadosa para encontrar um bom designer.

Seguir o desenho natural dos fios é o principal truque para garantir sobrancelhas harmoniosas.

Recomendado Para Você:

O que você achou? Deixe seu comentário aqui!
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.