Como Eliminar a Celulite das Coxas

Descubra o que é celulite, suas causas e quem tem mais risco de desenvolvê-la

Oi, aqui é a Lorena! E preparei esse artigo para ajudar você a combater os furinhos de uma vez por todas, como eliminar a celulite das coxas. O fator genético é importante, mas alimentação, sedentarismo e cigarro têm influência no quadro.

Não importa se a mulher está acima do peso ou se é magra, as celulites são sempre uma preocupação.

O problema, que causa ondulações e furinhos na pele de bumbum, coxas e quadris, é responsável pela baixa na autoestima de muita gente, mas é extremamente comum.

Mais lidas da semana:

  1. 10 Alimentos Incríveis Contra Celulite
  2. Como Evitar as Primeiras Rugas
  3. Cuidados Caseiros com a Pele do Rosto

Tem gente que não se incomoda com o aspecto da celulite, mas para muitas mulheres a celulite é um grande vilão.

Algumas deixam até usar saias e shorts mais curtos e eliminam até mesmo os biquínis por causa dos furinhos nas pernas e no bumbum.

A boa notícia é que é possível amenizar o aspecto da celulite na pele e até mesmo acabar com ela fazendo apenas algumas mudanças simples no dia a dia.

Como você vai ver, além da predisposição genética, alguns hábitos acabam piorando o acúmulo de gordura e de líquidos sob a pele, contribuindo para aquele aspecto ondulado e tão odiado pela mulherada.

Escolher melhor o que colocamos no prato, aumentar a ingestão de líquidos e sair do sedentarismo são apenas algumas das medidas que podem ajudar você a deixar de vez esse problema no passado.

O que é celulite e quais são suas causas?

A celulite aparece quando a gordura sob a pele pressiona o tecido conjuntivo. É isso o que faz com que a pele acima dele pareça ondulada e irregular, a famosa aparência da casca de laranja.

Existem vários graus de celulite, podendo variar de pouco visível a mais grave e se espalhar por uma área maior.

Embora a formação de celulite seja um processo natural e não vá prejudicar você, muitas mulheres não gostam da aparência e querem se livrar dela ou pelo menos minimizar seus efeitos.

Às vezes, é difícil saber a causa da celulite, pois diferentes fatores podem estar envolvidos, incluindo:

  • Desidratação;
  • Dieta pouco saudável;
  • Metabolismo lento;
  • Não ser fisicamente ativa o suficiente;
  • Mudanças nos níveis hormonais;
  • Ter alta porcentagem de gordura corporal;
  • Certas maquiagens genéticas.

Entenda o seu Tipo de Celulite e Como Eliminar a Celulite das Coxas

Existe um jeito mais profissionais de identificar e classificar a celulite, mas existe um jeito mais popular de classificar seus furinhos em casa. Abaixo você conhece os conhecidos 4 graus da celulites:

  • Grau 1 – Sem ondulações ou irregularidades. Ao comprimir a pele, surgem pequenas ondulações e “furinhos”;
  • Grau 2 – Ondulações e “furinhos” já são percebidos sem comprimir a pele;
  • Grau 3 – Nódulos claramente perceptíveis. Pode haver dor local;
  • Grau 4 – Vários nódulos, celulite “dura”. Inchaço, comprometimento da circulação de retorno, pele com aspecto acolchoado.

Resultado de imagem para celulite grau 3

Como seu estilo de vida pode afetar a celulite

Muitas pessoas não sabem disso, mas a celulite depende do estilo de vida. Ser uma pessoa ativa e seguir uma dieta saudável pode ter um efeito significativo na visibilidade da celulite ou em seu surgimento!

Um estilo de vida estressante aumenta os compostos associados ao desenvolvimento da celulite, ao passo que exercitar-se regularmente e comer de forma saudável pode ajudar a tornar a celulite menos visível e até mesmo preveni-la.

Quem tem mais risco de desenvolver celulite?

  • Mulheres;
  • Pessoas com histórico familiar de celulite;
  • Pessoas com estilo de vida inativo;
  • Mulheres grávidas;
  • Pessoas mais velhas, já que a pele tende a perder parte da elasticidade;
  • Pessoas com excesso de peso.

Descubra como acabar com a celulite

Beba bastante água

Água é o líquido mais milagroso para o seu corpo, tanto para a sua saúde quanto para a sua estética.

Quando você bebe muita água durante o dia, as toxinas são eliminadas mais rápido do corpo e os nutrientes são absorvidos também com maior velocidade, especialmente pela pele.

No caso da celulite, a água funciona porque ela se trata de um acúmulo de água e de gordura sob a pele. Então, quando você toma mais líquidos e o expele mais rápido do organismo, você ajuda a melhorar a circulação dessa camada e a varrer esses excessos.

Agora, se você acha difícil consumir tanta água, alguns chás diuréticos podem ajudar nessa eliminação de líquidos e toxinas.

Sucos naturais e sem açúcar, como o de limão; e chás como o verde, de cavalinha, hibisco, melão, melancia, abacaxi, morango, melancia e assim por diante podem ajudar bastante nessa missão.

Escolha os alimentos corretos

A melhor forma de acabar com a celulite, com certeza, é mudando o corpo de dentro para fora. A perda dos quilos extras ajuda muito a desinchar esses buraquinhos, assim como a escolha de alimentos.

Hortaliças, proteínas magras, como ovos, frango, peixe e carne; além de lentilha, grão de bico, feijões e assim por diante são as melhores escolhas para o dia a dia.

Alimentos ricos em fibras, como aveia, quinoa, arroz integral, além de ajudarem a manter o corpo funcionando mais rápido, melhoram também o funcionamento do intestino, o que reflete no melhoramento da celulite.

Isso porque o um intestino que funciona mal acaba também interferindo na circulação linfática do corpo.

Fuja dos alimentos “ruins”

Mas, se você quiser acabar com sua celulite, não adianta nada comer bem no almoço e se esbaldar em alimentos gordurosos, açucarados e cheios de outras coisas que ativam a inflamação das células de gordura.

Da mesma forma são as comidas muito salgadas, ricas em sódio, nos fazem reter líquidos.

Mas, calma, nem toda gordura é ruim. Você deve evitar frituras e alimentos ricos em gordura hidrogenada, por exemplo, mas pode e deve consumir boas gorduras, como azeite, abacate, oleaginosas e assim por diante.

Faça exercícios físicos regularmente

Malhar pode ser chato no começo, mas depois que você pega o ritmo muda seus hábitos, sua saúde e sua beleza física, tudo para melhor, claro.

No caso da celulite, o exercícios físicos ajudam a melhorar a circulação, impedem a retenção de líquidos e tonificam o corpo.

Os melhores, nesse caso, são os que ajudam a eliminar a gordura localizada no quadril e nos glúteos, por exemplo. Além da musculação, outras atividades que ajudam nisso são a corrida, a caminhada, andar de bicicleta e o pilates.

Massagem

Se você aliar a boa alimentação, com uma melhor hidratação do corpo e a prática de exercícios com alguns tipos de massagens específicos para ativar a circulação e reduzir as toxinas, os resultados para acabar com a celulite serão potencializados.

A lipo manual, também conhecida como massagem modeladora ou lipo sem cortes, está bem longe de ser suave e relaxante. O método é famoso por deixar a pele supersensível e até com pequenos hematomas.

No entanto, quem já testou relata que, durante a sessão, a sensação é de que a gordura e a celulite estão sendo dissolvidas, tamanha a pressão feita pelo massoterapeuta.

Se aliada às outras armas contra a celulite, a lipo manual é uma ótima alternativa para exterminar os furinhos.

A drenagem linfática, por exemplo, é uma ótima opção. Ela tira o acúmulo dos líquidos, quebra a gordura cristalizada e ajuda a emagrecer e perder medidas.

Embora para manter os resultados o tratamento deva ser contínuo, é possível perceber as roupas mais folgadas e o aspecto mais liso da pele a partir da 4 sessão, por exemplo.

Use cremes à base de cafeína

Embora não seja nova, ela continua imbatível no tratamento tópico da celulite, seja em produtos industrializados ou manipulados.

A substância é usada há tempos em cremes anti-celulite porque consegue penetrar na pele até as células de gordura, quebrando-as.

Além disso, ela também estimula a síntese de colágeno, elastina e outros componentes da pele, deixando-a mais firme e amenizando o aspecto de casca de laranja.

Recomenda-se associar a substância ao retinol. É uma combinação clássica que funciona muito bem.

Corte no cigarro

Quem fuma perde muitos pontos no combate à celulite. Essa é a conclusão de uma pesquisa sobre a eficácia de cremes anti-celulite, apresentada em uma das edições do Congresso Brasileiro de Dermatologia.

As fumantes que participaram do estudo apresentaram melhora muito pequena do quadro: após 30 dias aplicando o creme, perderam menos de meio centímetro na circunferência das coxas.

Já as mulheres que se mantiveram longe do cigarro obtiveram ótimos resultados: 45% delas reduziram pelo menos 1 centímetro de coxa. Muitas atingiram níveis ainda melhores: 15% das voluntárias chegaram a reduzir de 2,5 a 5,5 centímetros.

Disfarce o que sobrou

Até mesmo as top models da Victoria Secret têm seus segredos para desfilar lindas num biquíni minúsculo, mas esbanjando segurança e um bumbum firme. Escurecer a pele com autobronzeador é um deles.

Por uma questão simples de ilusão de ótica: assim como na maquiagem e nas roupas, tudo o que é claro aparece mais, e o que é escuro, menos.

Dessa forma, a pele bronzeada vai camuflar as imperfeições. Se não tem o privilégio de se expor ao sol com regularidade para manter o tom, lance mão do bronzeamento a jato.

Para evitar manchas na hora da aplicação, o cuidado básico é esfoliar a pele antes.

Uma observação importante: não se deve confundir a celulite comum, um problema estético, com a infecciosa, um problema médico.

Essa é uma doença causada por bactérias que penetram na pele através de um corte, ferida, úlcera, bolha ou até por uma micose nos pés. Causa dor, inchaço, vermelhidão, febre, vômitos, calafrios e mal-estar e deve ser tratada com antibióticos.

Sem tratamento, pode avançar para um caso de trombose e septicemia e levar à morte. Em comum, as duas só têm o nome.

CONTINUE LENDO MAIS SOBRE ESTÉTICA:

Recomendado Para Você:

O que você achou? Deixe seu comentário aqui!
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.