Como Cuidar da Pele Durante o Frio

Tem achado que sua pele está muito mais seca que o normal e não sabe o que fazer?

Oi, aqui é a Lorena! No inverno, a umidade do ar baixa e as temperaturas mais frias levam à diminuição na transpiração corporal. Tanto a pele do rosto quanto a do corpo estão sujeita ao ressecamento no inverno.

Pois é, o inverno chegou com tudo e, com ele, vários “acontecimentos” que acabam afetando bastante nossa pele, especialmente no que diz respeito a hidratação.

A umidade do ar baixa e as temperaturas mais frias levam à diminuição na transpiração corporal. Esses fatores fazem com que a pele fique mais seca.

Além disso, é comum tomarmos banhos mais quentes, que provocam uma remoção da oleosidade natural de forma mais intensa.

Para evitar isso é importante fazer hidratações corporais mais profundas e investir em uma alimentação saudável, rica em vitaminas e antioxidantes, o que pode trazer benefícios em longo prazo.

Por isso, continue lendo este artigo e aprenda a cuidar da sua pele para que ela se mantenha macia e bonita durante o ano inteiro.

1) Cautela com o sabonete e a água quente

Para aqueles que gostam de tomar banho diversas vezes ao dia, mesmo nas estações mais frias, é importante ensaboar o corpo todo não mais que uma vez! Escolha um banho para ser o “completo”, de preferência aquele após as atividades físicas.

Nos demais, lavar com sabonete apenas as partes íntimas, axilas e pés. Do contrário, a pele pode perder sua função principal de barreira contra agentes externos, pois sua camada externa, de queratina e sebo, é predominantemente lipídica (gordura) e, portanto, dissolve com os componentes saponáceos dos sabonetes, expondo as células superficiais aos perigos químicos e infecciosos do ambiente.

Com relação à temperatura da água no banho, tentar sempre ser a mais fria possível. Os banhos muito quentes, assim como o sabonete em excesso, acabam removendo demasiadamente a nossa proteção natural.

2) Ingestão de líquidos e uso de cremes hidratantes

No inverno produzimos menos suor e sebo, cuja secreção é estimulada pelo calor. Como suamos menos e sentimos menos calor, temos menos sede, e, portanto, ingerimos menos água e líquidos.

No entanto, nosso corpo continua a demandar água para suas funções básicas e renovações celulares, como ocorre constantemente na pele. Por isso, devemos sempre lembrar de ingerir água e líquidos claros, como chás, que ainda cumprem a função de esquentar o nosso corpo.

Além disso, por serem muito superficiais, as células da pele demandam uma hidratação também externa, obtida através de cremes hidratantes, cujo uso é especialmente importante nessa estação mais fria.

3) Lavar as roupas de inverno, guardadas, antes do uso

Por morarmos num país tropical com altas temperaturas na maior parte do ano, nossas roupas mais grossas e quentes tendem a ficar esquecidas no armário por muito tempo!

E sabemos que roupa guardada pode ser foco de mofo e ácaros, micro organismos microscópicos que adoram ambientes úmidos e com pouca luminosidade, e que podem gerar alergias respiratórias e cutâneas.

Pensando nisso, uma dica importante é lavar toda e qualquer roupa de inverno antes de usar, para minimizar as reações alérgicas.

4) Protetor solar sempre

Dependendo da localização geográfica onde estamos, os raios ultravioletas do tipo A e do tipo B emitidos pelo sol, responsáveis por queimaduras e câncer de pele, estão presentes ainda no outono/inverno em quantidades por vezes maiores que o recomendado, e por isso, há necessidade do emprego de protetores solares diariamente, mesmo em dias mais frios.

Além da proteção, esses cosméticos atualmente também auxiliam no controle da oleosidade da pele e no disfarce de manchas, como é o caso dos filtros com cor, que ainda protegem contra a luz de lâmpadas e monitores, que pode causar manchas.

5) Use protetor labial muitas vezes ao dia

Aquelas rachaduras nos lábios, típica das baixas temperaturas, podem e devem ser evitadas. O segredo é andar com um protetor labial no bolso ou na bolsa e aplicar diversas vezes ao dia.

Além do efeito hidratante, muitos já contam também com proteção solar e outros benefícios, como aumento discreto dos lábios.

Essa dica é imprescindível para os portadores do vírus do herpes, que tende a se manifestar na pele em estados de ressecamento e fissuras, por isso é tão importante manter os lábios bem hidratados.

O tempo seco e as baixas temperaturas favorecem a perda da umidade natural, enquanto os banhos muuuito quentes, irresistíveis nesta época do ano, retiram parte da barreira protetora.

Resultado? Corpo e rosto ressecados, sem viço, com rachaduras e alergias causadas pela barreira comprometida, entre outros desconfortos.

Falando de rosto, mesmo que você tenha a pele oleosa, ela sempre fica mais seca no frio. Vale sempre lembrar que oleosidade não é sinônimo de hidratação, então é importante cuidar e hidratar mesmo que seu rosto esteja aparentemente ótimo sem oleosidade em excesso.

Já o corpo, esse acaba sempre sofrendo no inverno! Natural que dê aquela preguiça louca de hidratar o corpo todo, mas tem maneiras de facilitar o processo e produtos que conseguem combater mesmo a secura mais maligna.

Recomendado Para Você:

O que você achou? Deixe seu comentário aqui!
Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.